• Vitória Motors

    Maioria dos motoristas só fazem o alinhamento durante revisão do carro

    03/07/2018

    Garante a segurança de passageiros, reduz o custo em manutenção e melhora a dirigibilidade. Apesar de todas as vantagens de manter o alinhamento em dia, a grande maioria dos motoristas realiza o serviço menos do que deveria.
     
    De acordo com o coordenador técnico das concessionárias de veículos do Grupo Águia Branca, Paulo Sérgio de Oliveira, a recomendação do período de avaliação varia de acordo com a utilização do carro, mas que pode ser necessário que o alinhamento seja feito a cada 6 meses. “Quando o uso do veículo é mais severo é importante que seja avaliada a necessidade de alinhamento a cada 6 meses ou 5 mil quilômetros rodados. Sob uso normal é orientado um balanceamento aos 10 mil quilômetros rodados”, explicou ele.
     
    O mais importante, segundo ele, é se atender aos sinais dados pelo carro e não esperar a revisão para levar o veículo à concessionária autorizada. “Os motoristas só se preocupam com a manutenção em época de revisão. Esse costume é quase unânime e representa 90%”, disse. Em outros casos, ainda é possível identificar um tremor no volante ou que a direção está puxando para algum lado, sinais de que o veículo precisa passar por um novo alinhamento.  
     
    Para utilizar no dia a dia ou realizar uma viagem de forma tranquila e segura, as precauções com o veículo são importantes para evitar futuros danos maiores ou possíveis acidentes. Paulo Sérgio lembra ainda que, além de garantir a segurança, ter o alinhamento em dia também prolonga a vida útil dos pneus e garante mais 40% de aproveitamento deles.